• Pedro Lobato Moura

Livro do Cigano

TRAMAS

TRAMAS URBANAS

Dou umas voltas com Cigano pelo Edifício Central. Ele está atrás de um aparelho de som e de um espelho, para o nosso “Espaço Holístico”.

Outro dia, ele me pediu uma palavra, que servisse para nomear um lugar de cura, de estudo, de oração, de trabalho, de arte, tudo isso ao mesmo tempo. Eu disse, holístico? Ele gostou, toda hora repete: “Espaço Holístico”.

LOJAS

Cigano é dono de lojas no Edifício Central. Uma está alugada, é uma loja de discos de vinil, segundo ele, “loja de um velho roqueiro, pinguço, que volta e meia me passa cheques sem fundo”. Em outra loja, de dois andares, Cigano quer abrir um salão de beleza. “O salão já está montado: espelhão, seis cadeiras próprias para a coisa, de qualidade, uma maca no andar de cima, para depilações. Falta um empreendedor, do ramo, para tocar o negócio. Sua esposa não é cabeleireira? Ela não topa?”. Daniela não quer: Eva não vai à Babilônia. Gosta da quietude de nossa grotinha, não morderá essa maçã.

Outra loja, ele diz que me aluga, barato, para eu montar um sebo. Oferece um mês sem pagar o aluguel, para eu me estruturar. Estudo o caso.

“Esta daqui, grande, de duas portas, foi a bitaca, referência internacional em matéria-prima para artesãos. Agora, está fechada. É minha falta de pique. Os hippies da Praça Sete todos me conhecem: a “Bitaca do Cigano”, e o Cigano da Bitaca. Apareceu até uma moça da França, que fazia um documentário sobre o centro da cidade, essa coisa de memória e patrimônio, querendo entrevistar o Senheur Altamirandô”.

“Vamos tomar uma cervejinha com linguiça?” Sentamos à mesa de um boteco, ele me garante que a calabresa do lugar é boa.

OS GAYS E A GLOBO

Cigano fala muito em depressão. “O mal do século”, conforme ele leu em algum lugar. “Meu amigo”, ele diz, “há não sei quantas milhões de pessoas com depressão no Brasil. São 28 suicídios por dia! Sabia? Só que isto não é divulgado. O índice maior é entre militares reformados. É a falta de propósito: o vazio moderno”.

“A maioria dos casos de depressão está entre os artistas de televisão. Vem cá, você sabia que sessenta por cento dos artistas da Globo são gays? E trinta por cento são dependentes químicos! E sabe mais? Dez por cento são gays e dependentes químicos!” Cigano ri, sua risada em z, sondando minha reação. “Ana Paula Arósio, lembra dela?Aquela moça sofreu. Largou tudo, sumiu. É muita loucura. É Sodoma e Gomorra. A coitadinha não aguentou”.

Eu é que não sei se aguento essa conversa.

“Precisamos ajudar o mundo”, ele diz. “O mundo está perdido...”

A CURA DA DEPRESSÃO

“Você disse que sua mãe sofre de depressão?” Sim, crônica. “Meu professor de Cabala ensina, assim como um livro espírita muito bom que recentemente li - depois empresto para sua mãe ler: ensina que a depressão é a doença do ego!” Cigano diz isso como se estivesse me revelando um mistério profundo.

“O apego, a vaidade, o egoísmo - é o que acaba com as pessoas. Depois que a Igreja Católica aboliu a confissão, a depressão aumentou muito, os suicídios triplicaram. Só que isso não é divulgado. Mas, por quê? As pessoas precisam ser ouvidas! Precisam de cuidado. Por isso, nosso Centro Holístico. Ócio e egoísmo são as moradas do diabo.”

Cigano faz pausa para mijar. Estamos na terceira cerveja. Faço cara de esfinge.

A OPERAÇÃO

“Recentemente, operei do bilau: próstata. Quase morri. Ainda estou usando frauda, retomando aos poucos o controle da bexiga. Até poucos dias, os médicos não sabiam se meu pau ainda subiria. Mas, anteontem, subiu!”

Dizia meu pai: Nove e meia, meu pau bambeia. Dez hora, melhora. Às vezes Cigano ri como uma criança.

CALABRESA

Chega a linguiça. É boa. Cigano pergunta à cozinheira, como vai a vida, e as crianças, o marido. A cozinheira lhe entrega um envelope. É dinheiro, que o Cigano empresta.

HONRA

“Fico querendo ir para Goiás. Minha ex-companheira me traiu, ainda por cima com outra mulher. Santa Luzia ficou pequena para nós três. Você entende.”

MINHA BIOGRAFIA NUM SEGUNDO

Bem, eu caí num caldeirão de chá de cogumelo quando era criança, Cigano. E o caldeirão pertencia aos meus pais! Daí você tira uma base. Para nós, pós-hippies, as honras são outras... Cigano agora é que faz cara de esfinge.

FALAS

CAPIM DOURADO

Capim dourado eu trago do Jalapão, águas tão puras, areias tão branquinhas.

NORTE

Conhece o teatro Municipal de Manaus? Dubai, com o petróleo, é rica no deserto: No tempo da borracha, era Manaus na Amazônia. A cidade mais rica do mundo. Cada centímetro das madeiras que se encaixam formando o teatro, perfeito, coisa fina de régua e compasso.

Se quiser ter uma ideia de quantos morreram na construção da estrada Madeira-Mamoré, é só contar os dormentes.

O TREM

Podia um trem ligar o Brasil inteiro...

Santa Bárbara era terra rica porque o caminhão só chegava até ali, então vendia-se de tudo, era o fim-da-linha. Depois abriu-se a estrada mais à frente, e Santa Bárbara esvaziou.

Na região de Barão de Cocais, moça bonita é pé-de-pomba.

GÊNIOS

Um japonês, um fera de uma empresa de informática, é entrevistado pelo jornal da Globo: Quem, em sua opinião, é o maior gênio da tecno ogia? O japonês responde: É seu Raimundo Machado, Mineiro, o criador do Presépio do Pipiripau.

Tentaram desmontar o presépio do Pipiripau, vários cientistas da UFMG. Não puderam: Jamais conseguiriam montá-lo de novo.

O que é o artista? O que é o gênio? O gênio é o doido que deu certo.

Artista é quem cria alguma coisa. Hoje existe muito é o copista. Chacrinha era um artista. Sílvio Santos é artista. A Regina Casé é copista.

Conheci Salvador Dali, em um hotel em Nova York. O homem havia reservado um espaço no hotel, só para si, cinco metros em torno de onde ele estivesse, era o seu espaço. Um dia, vinha ele, de paletó azul e calça amarela, e sua esposa também, como era mesmo o nome dela? Um repórter perguntou: O que o senhor passa no bigode? Ele respondeu: Catarro.

#cigano #oral

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo