Maria da Glória

 

O QUINTAL DA MINHA CASA

 

É muito bom acordar todas as manhãs e escutar os barulhos dos bichos no quintal. No quintal da minha casa tem muitos pés de fruta, jabuticabas, goiabas, laranjas, etc.

 

É muito bom tratar dos bichos para papai, jogar milho pras galinhas, cuidar dos cachorros e soltar as galinhas do galinheiro. É muito bom de tardinha ficar na janela de casa conversando com a vizinha. O quintal de casa não é muito grande, mas eu gosto muito quando é de manhã, que os passarinhos chegam fazendo mais festa nos pés de fruta e eu ali tratando da criação e chupando jabuticaba e comendo uma goiaba, de tardinha chega a hora de prender as galinhas no galinheiro no fundo do quintal e eu fico louca pra que a noite passe logo e amanheça pra eu ir pro quintal de novo cuidar dos bichos e comer das frutas gostosas que tem aqui.

 

O RIO DAS VELHAS

 

O que estarão pensando as três velhas índias acocoradas nas margens do rio lavando roupa, sobre nossa atitude “civilizada” frente nossa grande riqueza natural?

 

UMA FIGURA ILUSTRE CHAMADA KAIO

 

Um camarada, se assim posso dizer da pessoa que o Kaio é, um cara prestativo, gente boa que só ver, ele com seu carrinho de material reciclável e seu boné na cabeça. Por onde passa, todos gostam de cumprimentar ele, só para escutar o “beleza, beleza?” que sai da sua boca. Ele é uma pessoa especial, mas está sempre de bom humor, ao contrário de muitas pessoas.

 

Reside no Alto do Tanque vivendo com sua família. Na época do carnaval, quando o bloco 'Unidos do Alto' recebe seus componentes da bateria furiosa, Kaio é um dos furiosos com seu chique-chique. Por essas redondezas, Alto do Tanque, Morada do Rio e Vila Olga, todos os comerciantes e habitantes conhecem este menino especial. Todos juntam suas coisas recicláveis e esperam o Kaio vir pegar para escutar dele “beleza beleza”. Mesmo com sua deficiência especial ele não deixou de ser uma pessoa alegre e prestativa com os demais.

 

Kaio com seu radinho e falando “beleza beleza” é uma atração do colégio e da região do Alto do Tanque. Se você um dia se deparar com alguém dizendo beleza beleza e cantando músicas antigas, pare, olhe e observe a figura ilustre que é o Kaio Beleza Beleza.

 

Muitos falam, mas ninguém tem certeza, que ele é filho do falecido Zé Beleza.